Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • O fracasso na qualidade

    O Globo, em 20/05/2020

    Se há alguns números favoráveis em matéria de educação, como é o caso da universalização do ensino fundamental, o mesmo não pode ser proclamado em relação à qualidade.

  • A verdade sempre aparece

    O Globo, em 20/05/2020

    A cada palavra do governo, aparece um desmentido. Como a história do convite ao delegado Carlos Henrique Oliveira para a direção executiva da Polícia Federal, que prova que Ramagem ainda manda lá.

  • Nebulosas transações

    O Globo, em 20/05/2020

    Os mais de 55 milhões de brasileiros que votaram em Jair Bolsonaro acreditando em sua promessa de acabar com as velhas práticas políticas certamente não suspeitavam que pouco mais de um ano depois iriam vê-lo associado a vários rolos e escândalos.

  • O cerco se fecha

    O Globo, em 19/05/2020

    Os indícios de que o então senador eleito Flavio Bolsonaro recebeu mesmo um aviso de um delegado de que uma operação da Polícia Federal alcançaria seu chefe de gabinete Fabricio Queiroz e parentes dele parecem confirmados quando se nota a data da exoneração dele e de sua irmã, justamente entre o primeiro e segundo turno da eleição geral de 2018, quando teria acontecido o aviso.

  • Denúncia complica Bolsonaro

    O Globo, em 18/05/2020

    ​Essa nova denúncia do empresário Paulo Marinho faz com que o relato do ex-ministro Sergio Moro, de que o governo há muito tempo estava querendo usar a Polícia Federal do Rio de Janeiro para receber informações ganhe ar de credibilidade  e dificulta muito a ideia do procurador-geral da República, Augusto Aras, se é que ela existe, de arquivar o processo.

  • A estratégia da mentira

    O Globo, em 18/05/2020

    Todo mundo mente nesse mundo. Quando a gente é criança, mesmo que ninguém nos ensine a mentir, a gente mente. Às vezes, por motivos até louváveis, como livrar a cara de um amigo ameaçado por meninos da turma da namorada recém-conquistada.

  • Novilingua bolsonarista

    O Globo, em 17/05/2020

    À medida que a crise avança, vamos assistindo à involução dos hábitos e costumes republicanos, tendo o presidente Jair Bolsonaro como protagonista e ministros como coadjuvantes de uma tragédia, onde os conceitos democráticos vão sendo deformados e palavras distorcidas, a exemplo da “novilingua” criada pelo escritor inglês George Orwell na novela 1984, na qual o autoritarismo muda o sentido das palavras para melhor acomoda-las a seus interesses.

  • Política externa bolsonarista

    O Estado de S. Paulo, em 17/05/2020

    Em nosso país a competência constitucional para a condução da política externa é da alçada do presidente da República. Na experiência histórica do Brasil a prática confirma esse tradicional preceito constitucional.

  • Uma escolha sem Sofia

    O Estado do Maranhão, em 16/05/2020

    Estamos diante de uma ameaça sempre temida ao futuro da humanidade: as doenças desconhecidas. Ao longo da história dos seres vivos que habitaram o nosso planeta, milhões de espécies já desapareceram. 

  • Caminho do entendimento

    O Globo, em 15/05/2020

    “Todos cobram do PR (presidente da República), mas ninguém busca um caminho para o entendimento”, me disse o vice-presidente da República, General Hamilton Mourão ao definir o que o levou a escrever o artigo que publicou ontem no jornal Estado de S. Paulo.

  • Teich demorou a sair

    O Globo, em 15/05/2020

    Nelson Teich demorou a sair do ministério da Saúde. Após a entrevista onde foi informado por jornalistas de providencias tomadas por Bolsonaro sem consultá-lo, deveria ter subido direto ao gabinete do presidente e pedir demissão.

  • Pronunciamento de Bolsonaro pode decretar abertura da economia e ampliar crise

    O Globo, em 15/05/2020

    O maior perigo desta segunda demissão no Ministério da Saúde, no momento em que o Brasil se aproxima de 15 mil mortes pela pandemia da Covid-19 e ameaça chegar a mil mortos por dia, é a obsessão do presidente Bolsonaro de reabrir a economia, substituindo o isolamento horizontal pelo vertical, que nenhum país sério adotou, e ao mesmo tempo forçar o uso da cloroquina como medicamento oficial do sistema de saúde brasileiro.