Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Início > Artigos

Artigos

  • Dificuldades adiante

    O Globo, em 24/01/2023

    O novo comandante do Exército, general Tomás Ribeiro Paiva, assume o posto com as reverberações da intentona de 8 de janeiro ainda contagiando o meio militar. A delicadeza da situação sugere cautela, mas também medidas rigorosas contra os militares que proporcionaram, por leniência cúmplice ou incompetência seletiva, o clima para os acontecimentos nefastos à democracia brasileira.

  • Theatro São Pedro: vivo e vibrante

    Site Chumbo Gordo, em 24/01/2023

    Visitar o Theatro São Pedro, em Porto Alegre, é um verdadeiro privilégio?

    Visitar o Theatro São Pedro, em Porto Alegre, é um verdadeiro privilégio. Inaugurado em 1858 pelo Barão de Uruguaiana (Ângelo Moniz da Silveira Ferraz), recebeu óperas, concertos e peças teatrais das mais distantes procedências e se encontra 'vivo e atuante', no dizer do médico e homem de cultura Gilberto Schwartsman, professor titular da Faculdade de Medicina da Universidade do Rio Grande do Sul e presidente da Associação dos Amigos do Theatro São Pedro.

  • Lula se impõe

    O Globo, em 22/01/2023

    O presidente Lula, ao impor sua autoridade na demissão do comandante do Exército, Júlio Cesar de Arruda, foi ajudado pelo voluntarismo do ex-presidente Bolsonaro em relação ao que chamava de 'meu Exército'. Notificado de que seria demitido, o comandante Arruda convocou o Alto Comando do Exército para queixar-se da decisão do presidente Lula. Não encontrou respaldo nos generais, que alegaram, entre outras coisas, que o ex-presidente Bolsonaro demitiu de uma só vezo ministro da Defesa e os três Comandantes das Forças Armadas, e não houve nenhuma reação.

  • Acertando os ponteiros

    O Globo, em 19/01/2023

    A crise latente entre as Forças Armadas e o governo recém-eleito é consequência da politização dos militares levada a cabo pelo ex-presidente Bolsonaro, com a intenção de que apoiassem o golpe militar que articulava desde mesmo a campanha presidencial de 2018. Mas também do descaso da sociedade e dos políticos em discutir o papel dos militares num governo democrático, dando importância a suas demandas e projetos.

  • Desigualdade e Justiça Social

    Os Divergentes, em 17/01/2023

    Toda a minha vida pública teve como objetivo maior a busca da justiça social. Presidente da República, com o lema 'Tudo pelo social', com o pleno emprego - as taxas de desemprego chegaram à casa dos 2% -, programas de alimentação, criação do SUDS e do SUS, entre muitos outros, muitos milhões de brasileiros saíram da linha de pobreza. Quando apoiei o Presidente Lula em seus primeiros governos tive a satisfação de ver a prioridade à área social e ao combate à fome. Agora, mais uma vez, concordo inteiramente com Lula quando diz que seu principal objetivo é o fim da desigualdade.

  • Dilema político

    O Globo, em 17/01/2023

    A volta ao país do ex-presidente Bolsonaro, que deverá acontecer brevemente devido à pressão política para que seu visto especial não seja renovado, pois não é mais presidente do Brasil, está criando uma discussão dentro do governo. Há os que consideram que o governo tem de ser rigoroso e prendê-lo quando existir alguma acusação formal contra ele, mesmo que seja logo na chegada.

  • Democracia e desenvolvimento, tudo a ver

    O Globo, em 15/01/2023

    Num momento em que a democracia no Brasil está sob ataque, o economista Edmar Bacha, um dos pais do Real e membro da Academia Brasileira de Letras, escreve um importante trabalho sobre a relação da democracia com o desenvolvimento econômico, a ser publicado no próximo número da Revista Brasileira, veículo oficial da ABL.

  • Curtas histórias

    O Estado de S. Paulo, em 15/01/2023

    Livros registram catástrofes que nos assombraram ao longo dos tempos. Diques romperam em Brumadinho, mataram centenas de pessoas, famílias perderam tudo o que tinham, e ficou por isso. Caso nunca resolvido.

  • Tempo de rigor e cautela

    O Globo, em 12/01/2023

    O aparato policial montado com dias de atraso na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, demonstra que é possível manter a ordem dentro dos limites da lei. As manifestações bolsonaristas falharam em todo o país, pois os governos estavam organizados para controlá-las. Nunca foi tão importante manter um sistema preventivo de inteligência, porque estamos sendo alvo de esquema terrorista, organizado e financiado como objetivo de derrubar o governo.

  • As primeiras ideias

    Jornal Correio Braziliense , em 11/01/2023

    Aproveito uma viagem a Vassouras (Fazenda São Luís da Boa Sorte)para realizar uma boa meditação sobre o destino da educação brasileira. Acompanho com natural curiosidade as primeiras palavras do ministro da Educação, ex-governador do Ceará Camilo Santana, de 54 anos de idade e pertencente aos quadros do PT.

  • Terrorismo nos Trópicos

    Site Chumbo Gordo, em 11/01/2023

    A reação do país a esses atos terroristas precisa ser a mais enérgica possível. Para desestimular outras manifestações e ensinar aos perdedores que a democracia tem duas faces?

  • Chance de dar certo

    O Globo, em 10/01/2023

    A tentativa de golpe contra o novo governo provocou uma inédita reação inequívoca de apoio às instituições democráticas, vindas de todos os lados, internamente e do exterior. Até mesmo representantes da extrema direita ideológica da França e da Itália, comprometidos com o jogo democrático, se pronunciaram contra o vandalismo como ação política. Assim como, para vencer a eleição, Lula levou o PT para o centro, idealizando uma frente ampla partidária.

  • O STF se atualiza

    O Globo, em 08/01/2023

    Em várias partes do mundo democrático, as Cortes Supremas estão sendo contestadas pelo poder político, seja por governos de esquerda, como na Argentina, seja por direitistas, como em Israel. Trata-se do poder eleito enfrentando o não eleito, que interfere cada vez mais. No Brasil, prosseguimos com uma disputa ferrenha entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e ativistas de extrema-direita, que começou com a instalação, em 2019, do inquérito das fake news que atingiram a honra de ministros do Supremo, e se desdobrou em outro, das milícias digitais.

  • Batendo cabeça

    O Globo, em 05/01/2023

    Faz bem o presidente Lula de aproveitar a primeira reunião ministerial amanhã para dar um freio de arrumação em seu ministério. Esse novo governo está batendo cabeça em público desde o primeiro dia. É preciso dar uma organizada nessa falação toda, impedir que a empolgação de ter voltado ao poder provoque os estragos que vem provocando.