Início > Noticias > Morre no Rio, aos 84 anos, o Acadêmico, professor, escritor e ex-Ministro da Educação Eduardo Portella, sexto ocupante da cadeira 27 da ABL, desde 19 de março de 1981

Corpo do Acadêmico, professor e ex-Ministro da Educação Eduardo Portella é sepultado no Mausoléu da ABL

O corpo do Acadêmico, professor, escritor e ex-Ministro da Educação Eduardo Portella foi sepultado, dia 3 de maio, quarta-feira, no Mausoléu da Academia Brasileira de Letras, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Antes do féretro seguir para o cemitério, foi prestada homenagem pelos Acadêmicos, com a realização de missa de corpo presente, no Salão dos Poetas Românticos, no Petit Trianon, da ABL, onde Eduardo Portella fora velado, na noite de terça-feira e na manhã de quarta-feira. O padre Silmar Alves Fernandes, da Paróquia de Nossa Senhora do Carmo (antiga Sé), oficiou a cerimônia.

Eduardo Portella faleceu na manhã de terça-feira, no Hospital Samaritano, em Botafogo, para onde fora levado, na madrugada de segunda-feira, dia 1º de maio, com quadro de pneumonia. O Acadêmico não resistiu e, em seu atestado de óbito, consta que morreu de parada cardíaca, por causa da falência do pulmão.

Hoje, dia 4 de maio, quinta-feira, será realizada a Sessão de Saudade, mais uma homenagem prestada pela ABL. Na oportunidade, os Acadêmicos que desejarem terão a palavra para falar de Eduardo Portella, começando pelo decano presente, o Acadêmico e professor Arnaldo Niskier. Encerrado a sessão, o Presidente da Academia, Acadêmico e professor Domício Proença Filho, declarará vaga a Cadeira 27.

02/05/2017