Início > Noticias > Acadêmico e Poeta Antonio Carlos Secchin fala na ABL sobre Chico Buarque, na abertura do Ciclo “O Rio de Janeiro na Literatura”

Acadêmico e Poeta Antonio Carlos Secchin fala na ABL sobre Chico Buarque, na abertura do Ciclo “O Rio de Janeiro na Literatura”

O Acadêmico e poeta Antonio Carlos Secchin, Primeiro-Secretário da ABL, fez a palestra de abertura do ciclo “O Rio de Janeiro na Literatura”, intitulada Chico Buarque: o Rio e as margens. A conferência aconteceu no dia 1º de setembro, terça-feira, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr., Avenida Presidente Wilson 203, Castelo, Rio de Janeiro. Entrada franca.

Foram fornecidos certificados de frequência.

O Acadêmico Antonio Carlos Secchin também é o coordenador-geral dos ciclos de conferências de 2015.

“O Rio de Janeiro na Literatura” tem ainda  quatro palestras, sempre às terças-feiras, no mesmo local e horário, com os seguintes dias, conferencistas e temas, respectivamente: dia 8, Acadêmico Carlos Heitor Cony, O romance carioca; 15, Alberto Mussa, A variável trágica: principais linhagens do conto carioca; dia 22, Beatriz Rezende, A crônica: carioca por natureza; e dia 29, Sérgio Fonta, Teatro do Rio: as grandes Companhias e a Praça Tiradentes.

Sétimo ocupante da Cadeira nº 19 da ABL, eleito em 03 de junho de 2004, na sucessão de Marcos Almir Madeira, Antonio Carlos Secchin é Doutor em Letras pela Universidade do Rio de Janeiro, Professor de Literatura Brasileira das Universidades de Bordeaux, Roma, Rennes, Mérida, Nápolis, Paris Sorbonne e da Faculdade de Letras da UFRJ – onde foi aprovado, em 1993, por unanimidade, com nota máxima, em concurso público para professor titular. Orientou 24 dissertações de mestrado, 13 teses de doutorado e três pesquisas de pós-doutorado. Ministrou 48 cursos e participou de 177 bancas de pós-graduação, no Brasil e no exterior.

Poeta e ensaísta, Secchin publicou, entre outras obras, João Cabral: a poesia do menos (1985), Poesia e desordem (1996), Todos os ventos (poemas reunidos, 2002, ganhador dos Prêmios da ABL, da Biblioteca Nacional e do Pen Clube), Escritos sobre poesia & alguma ficção (2003),50 poemas escolhidos pelo autor (2006), Memórias de um leitor de poesia (2010), Eus & outras (antologia poética, 2013). Ainda em 2013, a Editora da UFRJ publicou Secchin: uma vida em letras, com dezenas de artigos, ensaios e depoimentos sobre a produção do Acadêmico como escritor, editor, docente e bibliófilo. Este ano, em abril, lançou João Cabral de Melo Neto: Uma fala só lâmina. Secchin é oficial da Ordem de Rio Branco. 

28/08/2015

Notícias relacionadas

Vídeos relacionados