Início > Noticias > Historiador Luciano Figueiredo faz na ABL a terceira palestra do ciclo de conferências “Capítulos de história colonial”, sob coordenação do Acadêmico Evaldo Cabral de Mello

Historiador Luciano Figueiredo faz na ABL a terceira palestra do ciclo de conferências “Capítulos de história colonial”, sob coordenação do Acadêmico Evaldo Cabral de Mello

O professor, historiador e consultor Luciano Figueiredo fez, na Academia Brasileira de Letras, a terceira palestra do ciclo de conferências do mês de junho, intitulado Capítulos de História Colonial, sob coordenação do Acadêmico e historiador Evaldo Cabral de Mello e, a moderação, do Acadêmico e jornalista Zuenir Ventura. O tema escolhido foi As revoltas e resistências antifiscais no Brasil colônia.

Foram fornecidos certificados de frequência.

A Acadêmica e escritora Ana Maria Machado, Primeira-Secretária da ABL, é a Coordenadora-Geral dos ciclos de conferências deste ano.

De acordo com o Luciano Figueiredo, a América portuguesa foi palco de inúmeras rebeliões capazes de tumultuar o cotidiano dos arraiais, vilas, cidades e zonas rurais. Segundo afirmou, “dentre os protestos mais frequentes, estavam aqueles dirigidos contra a cobrança de tributos e taxas lançados por Portugal. A palestra tratou de alguns desses momentos em que os colonos no Rio de Janeiro, Pernambuco e Minas Gerais resistiram aos impostos, amparados em noções de direitos e justiça garantidos pela sua condição de súditos”.

Capítulos da História Colonial terá mais uma palestra, na terça-feira, dia 27, com a historiadora e pesquisadora Heloisa Starling. O tema de sua conferência será Republicanismo no Brasil colonial.

Saiba mais

Luciano Raposo de Almeida Figueiredo é formado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, com mestrado e doutorado em História Social na Universidade de São Paulo.

Coordenou a área de pesquisa, divulgação e editoração do Arquivo Nacional. Fundou e dirigiu as revistas Nossa História e Revista de História da Biblioteca Nacional. Atualmente, é professor associado no Instituto de História da Universidade Federal Fluminense e pesquisador do CNPq.

Autor de trabalhos acadêmicos relacionados à História do Brasil colônia, especializou-se em temas ligados à família, à condição feminina e às revoltas. O avesso da memória: cotidiano e trabalho da mulher em Minas Gerais no século XVIII (Brasília: J. Olympio/Edunb, 1993), Barrocas Famílias - Vida Familiar em Minas Colonial (SP: HUCITEC, 1997) e Mulher e Família na América Portuguesa moderna (São Paulo: Atual, 2003) são alguns dos livros que publicou. Em 2005, lançou Rebeliões no Brasil Colônia.

Nos últimos anos, vem participando de inúmeros projetos de popularização da História, atuando em consultoria de documentários e minisséries, curadoria de exposições, coordenação editorial e preparação de material didático. Organizou, em 2009, a série de livros História no bolso e, em 2013, publicou História do Brasil para ocupados, por intermédio da editora Casa da Palavra. 

13/06/2017

Notícias relacionadas