Início > Noticias > Acadêmico Antonio Carlos Secchin abre na ABL o ciclo de conferências 'As cidades dos poetas'

Acadêmico Antonio Carlos Secchin abre na ABL o ciclo de conferências ‘As cidades dos poetas’

A Academia Brasileira de Letras abre seu ciclo de conferências do mês de abril de 2018, intitulado As cidades dos poetas, com palestra do Acadêmico, professor, poeta e ensaísta Antonio Carlos Secchin. O tema escolhido foi Caetano Veloso: Londres e São Paulo. A coordenação do ciclo também é de Secchin.

Foram fornecidos certificados de frequência.

A Acadêmica e escritora Ana Maria Machado, Primeira-Secretária da ABL, é a Coordenadora-Geral dos ciclos de conferências de 2018.

As outras três palestras do mês de abril serão proferidas pelos professores, poetas e ensaístas Felipe Fortuna (João Cabral de Melo Neto, dia 10), Emmanuel Santiago (Olavo Bilac, dia 17) e Adriano Espínola (Ferreira Gullar, dia 24). Sempre às terças-feiras, às 17h30min, no Teatro R. Magalhães Jr, da ABL.

Sobre sua conferência, Secchin afirmou: “A palestra versa sobre a construção da ideia de cidade – no caso, Londres e São Paulo – a partir da subjetividade do poeta: as cidades, mesmo reais, são também, e sempre, inventadas, pois a memória, em vez de ser objetiva, deixa-se penetrar pelos sentimentos e pela imaginação. Examinarei a elegância discreta de Caetano Veloso ao recordar um espaço – Londres – e um tempo (o do exílio) em que não foi muito feliz, contrapondo essas rememorações ao mergulho afetivo e afetuoso na São Paulo de fins da década de 1960”.

O CONFERENCISTA

Sétimo ocupante da Cadeira nº 19 da ABL, eleito em 3 de junho de 2004, Antonio Carlos Secchin é professor emérito de Literatura Brasileira da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutor em Letras pela mesma Universidade.

 Poeta com oito livros publicados, entre eles Desdizer (poemas inéditos mais poesia reunida, 2017), e Todos os ventos, ganhador de três prêmios nacionais para melhor livro do gênero publicado no Brasil em 2002. Ensaísta, autor de João Cabral: a poesia do menos (1985), Poesia e desordem (1996), Escritos sobre poesia & alguma ficção (2003), Memórias de um leitor de poesia (2010), Papéis de poesia (2014), João Cabral: uma fala só lâmina (2014) e Percursos da poesia brasileira (2018).

Secchin já proferiu 499 palestras em quase todos os estados brasileiros e no exterior. Professor convidado das Universidades de Barcelona, Bordeaux, Califórnia, Lisboa, Mérida, México, Los Angeles, Nápoles, Paris (Sorbonne), Rennes e Roma.

Autor de mais de 500 textos (poemas, contos, ensaios) publicados nos principais periódicos literários brasileiros e internacionais. Em 2013, a editora da UFRJ publicou Secchin: uma vida em letras, reunião de 88 artigos, ensaios e depoimentos em homenagem à sua atuação nos campos da poesia, do ensaísmo, do magistério e da bibliofilia.

Leia a íntegra da conferência aqui.

28/03/2018 - Atualizada em 28/03/2018

Notícias relacionadas

Vídeos relacionados