Início > Publicações > Nicanor Parra e Vinicius de Moraes

Nicanor Parra e Vinicius de Moraes (2009. 304 pp.)

Nicanor Parra

Essa publicação faz parte da coleção Coedições ABL

 

Nicanor Parra nasceu no Chile, em 5 de setembro de 1914, portanto, com 95 anos de infância. Estreou com Cancioneiro sem Nome (1937). Formou-se em Matemática e Física no Instituto Pedagógico da Universidade do Chile. Estudou Mecânica avançada na Universidade de Brown, Rhode Island, 1943-1945. Foi diretor interino da Escola de Engenharia da Universidade do Chile. Discípulo do Cosmólogo E.A. Miner em Oxford e professor deMecânica Teórica na Universidade do Chile. A publicação da obra que o consagrou deu-se em 1954, Poemas y Antipoemas. Foi seguido de La cueca larga (1958) e Versos de Salón (1962), Canciones rusas (1967), Obra gruesa (1969), Artefactos (1972), Sermones y prédicas del Cristo de Elqui (1977), Nuevos sermones y prédicas del Cristo de Elqui (1978), Chistes para desorientar a la poesía (1983), Coplas de Navidad (1983) e Hojas de Parra (1985). Também publicou antologias em obras como Poesía política (1983) e Poemas para combatir la calvicie (1993). [...] [Introdução de Nicanor Parra por Carlos Nejar]

[...] No poema Receita de Mulher, Vinicius de Moraes declarou: É necessário, absolutamente necessário, que tudo seja belo e inesperado. Necessidade de beleza. Aceitação de espaço e tempo sem planejamentos. Vivências intensas do aqui e agora. Ideário vital sonhado, que deseja concretizar-se em vida e obramultifacetadas. Vinicius de Moraes, viveu tudo aquilo intensamente, momento a momento: poeta, crítico cinematográfico, compositor, cantor, diplomata, eterno apaixonado, admirador incansável da beleza...E sempre com muita intensidade, rompendo conceitos, com toda a força. [...] [Introdução de Vinicius de Moraes de por Maximino Fernández]

<>||center|http:>

Ficha da Obra

Autores: 
Nicanor Parra
ISBN: 
978-85-7440-250-5
Ano: 
2009
Páginas: 
304
Leia a obra completa: