Início > Artigos

Artigos

  • Vice decorativo

    O Globo, em 17/05/2017

    Foi providencial Michel Temer se declarar um “vice decorativo” naquela carta que enviou à então presidente Dilma, na qual se queixava de estar relegado a plano secundário no governo. Esse tratamento depreciativo por parte da ex-presidente, de que se queixava na carta, pode levar à sua absolvição no processo do Tribunal Superior Eleitoral que julga o abuso de poder econômico na campanha presidencial.

  • O último dos 4 Antônios

    O Globo , em 17/05/2017

    Tom era um dos mais tocados no mundo. Houaiss, o nosso maior filólogo. Callado, um de nossos melhores romancistas, e Candido, única unanimidade inteligente.

  • Atos falhos

    O Globo, em 16/05/2017

    Muito interessante notar que o ex-presidente Lula, por mais treinado que seja, não conseguiu, ou não pode escapar de alguns atos falhos durante seu depoimento ao Juiz Sérgio Moro, o que lhe valerá novos processos. O mais espontâneo deles foi quando admitiu que discutiu com Leo Pinheiro e o engenheiro Paulo Gordilho, em seu apartamento em São Bernardo do Campo, a cozinha do sitio de Atibaia.

  • Dilma bolada

    O Globo, em 14/05/2017

    Não há nada mais conhecido do submundo dos clandestinos do que esse sistema de se comunicar com outra pessoa por email sem ser rastreado, utilizado por Monica Moura e a então presidente Dilma agora denunciado pela marqueteira.

  • O caos nosso de cada dia

    O Globo, em 14/05/2017

    Nos anos 80, Pitanga me convidou para jogar uma pelada no campo do Chico Buarque. Claro que topei. Já fui craque da pelota — na imaginação.

  • Iolanda em obstrução

    O Globo, em 13/05/2017

    Há tantas possibilidades de provas nos depoimentos dos marqueteiros João Santana e Monica Moura que não é exagero dizer que a ex-presidente Dilma corre o risco de ser presa por obstrução da Justiça a qualquer momento, em prisão preventiva decorrente da investigação policial que foi desencadeada a partir dos relatos agora liberados para divulgação.

  • Não sabendo o que sabia

    O Globo, em 13/05/2017

    Como começou dizendo que aquele processo era uma ‘farsa’, Lula agiu como ator, com direito a inventar, criar, ser incoerente e a faltar com a verdade.

  • A crua realidade

    O Globo, em 12/05/2017

    Nem bem os militantes lulistas comemoravam uma suposta superioridade do ex-presidente sobre o Juiz Sérgio Moro no seu depoimento em Curitiba, novas delações surgem, liberadas pelo relator da Lava Jato no Supremo ministro Edson Fachin, para acabar com a enganosa sensação de vitória da véspera. São declarações divulgadas pelo STF, não vazadas para a imprensa.

  • Lula contra o tempo

    O Globo, em 10/05/2017

    O ex-presidente Lula chega hoje diante do Juiz Sérgio Moro em Curitiba com uma série de derrotas em recursos ao Tribunal Regional Federal da 4 Região, e com um ambiente político francamente desfavorável. A reação das forças policiais contra os militantes que tentaram desobedecer a ordem judicial de não acampar nas imediações do local onde se dará a audiência colocou a opinião pública local contra Lula e seus seguidores.

  • Além da letra da lei

    O Globo, em 09/05/2017

    A defesa do ex-presidente Lula continua utilizando todos os meios a seu alcance para polemizar com o Juiz Sérgio Moro, que vem tendo atitudes que abrem caminho para eventual derrota em recurso judiciais.

  • O réu Lula

    O Globo, em 07/05/2017

    Transformar o depoimento do ex-presidente Lula ao Juiz Sérgio Moro nesta semana em Curitiba em uma guerra entre dois poderes políticos é ajudar a interpretação de que a Justiça persegue Lula com objetivos que nada têm a ver com corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, crime contra a Administração Pública, tráfico de influência e obstrução da Justiça, todos esses crimes de que ele é acusado em diversos processos.

  • Eduardo Portella

    Folha de São Paulo (RJ), em 07/05/2017

    "Não sou ministro. Estou ministro." A frase, pronunciada pelo então ministro da Educação, em sua simplicidade radical, ficou sendo uma das melhores expressões do velhíssimo problema que tenta definir a relação do intelectual com o poder. Pronunciou-a em causa própria Eduardo Portella, que aceitara o cargo num momento em que o fim da ditadura e a abertura política eram consideradas iminentes.

  • Juntando as pontas

    O Globo, em 06/05/2017

    De duas, uma: ou todo mundo resolveu contar a mesma história só para incriminar Lula, ou o ex-presidente era mesmo o "chefe, o grande chefe, o nine”, identificado, como revelou ontem o ex-dirigente da Petrobras Renato Duque, por um movimento passando a mão na barba. Somente com uma santa ingenuidade é possível ainda acreditar que Lula não sabia de nada, não tinha nada com o que acontecia na Petrobras e em outros setores do Estado brasileiro pilhado pela máquina petista e seus aliados.

  • Modelo fora de uso

    O Globo, em 06/05/2017

    Quando o governo quis que Eduardo Portella reprimisse uma greve de professores, classe que também era sua, ele se demitiu.